Bem-vindos !

              

                    Edmur Hebter - piano
                         Elaine do Valle - baixo
                              Toninho Pinheiro - bateria


Toninho começou nos anos 60, emprestando a sabedoria de
suas famosas "vassourinhas" a artistas como Manfredo Fest,
Pedrinho Mattar, Wilson Simonal, César Camargo Mariano,
Elis Regina, Dick Farney, entre outros.

Edmur e Elaine começaram juntos nos anos 70, fazendo os
bailes e festas dos melhores clubes do Brasil.
Depois, na noite de São Paulo, colaboraram no sucesso
de casas como Santo Colomba, San Marco, Baiuca Jardins,
Plano's Bar, Paddock, Pianoforte e La Tambouille.


Com o convite da Abril Music, o melhor estúdio, o melhor
engenheiro de som, um piano "Yamaha Grand Special" e
a participação especial do amigo Roberto Menescal...
Aconteceu um dos momentos mais felizes da Bossa Nova:


                          
           
 


A coletânea é apresentada em um box com 5 CDs e um
encarte bilíngue do amigo e escritor Ruy Castro.
Cada CD, com 14 faixas, conta também com um vídeoclip
gravado no estúdio.

Nas palavras de Menescal, o grupo gravou a Bossa Nova
"como ela foi, é e deveria ser para sempre".

Nossos agradecimentos:

Abril Music, Deckdisc, Estúdio Mosh
Silas Godoy, engenheiro de som
Maestro Madoka Ykeya, pela afinação diária do piano
Roberto Menescal, Ruy Castro
Todos os compositores deste repertório maravilhoso.

Toninho Pinheiro...muita saudade !

Com a desativação da Abril Music, os direitos passaram
para a Deckdisc do Rio de Janeiro.

Nossas músicas estão disponíveis no iTunes.




5 comentários:

Edu Prado disse...

Maravilhaaaa
Baixei todas no iYunes
A galeria lateral é uma verdadeira história.
Obrigado, 3 na Bossa.

Diogo C disse...

Uma coleção ímpar!! Não houve outra que resumisse a Bossa Nova incidental de forma tão agradável! Deixou gosto de 'quero mais'!

silvio marcus barroso salgado disse...

É ouvir e chorar as saudades daquele tempo. Aliás nunca mais! Nunca mais! Espero que do outro lado da vida possa reencontrar estes jamais inesquecíveis momentos que já se foram e que correm no infinito dos tempos.

Anônimo disse...

Obrigado por visitarem nosso site, Edu, Diogo e Silvio.
Temos realmente muito orgulho pela oportunidade de participar deste registro da Bossa Nova com nosso amigão Menescal.
Os tempos estão mudando, mas o 3 na Bossa está registrado e sendo ouvido no mundo todo.
Obrigado e um abraço desafinado.
Edmur Hebter ( 3nabossa )

Alexandre Blanzat disse...

Ola. Edmur, vc tem um canal youtube com dicas /aulas de interpretação para pianistas ? Ou da aulas de vez em quando? Ou tem partituras com os seus arranjos ? Muito obrigado. Um admirador.

Postar um comentário